Como levar o afeto ao idoso na sociedade

Como levar o afeto ao idoso na sociedade

Assine e Economize
O que você pensa quando o assunto é idoso na sociedade? A princípio, podemos levantar temas bastante em pauta como saúde, acessibilidade e inclusão social.

Você sabia que são 32,9 milhões de brasileiros com 60 anos ou mais, que podem chegar a 58,2 milhões até 2060, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)?

Você precisa entender que, do mesmo modo, todos nos vamos envelhecer. Tudo o que conhecemos vai mudar, atualizar e se transformar. Então é natural que também vamos enfrentar desafios de adaptação. 

Mas, esses desafios não precisam se tornar difíceis e nem exclusão se soubermos como levar afeto ao idoso na sociedade. Então, como incluir essas pessoas? São gestos simples que podem transformar a sua vida e a do outro, confira:

Seja companhia e incentivo para movimentar o corpo

Em primeiro lugar, independente do condicionamento físico, praticar exercícios juntos pode beneficiar tanto o corpo quanto a mente de quem pratica.

Dê suporte na hora de utilizar smartphones e se conectar com o mundo

Atualmente, os aparelhos contam com controles de acessibilidade que podem facilitar a experiência de qualquer usuário. Por exemplo, aquele recurso de comando de voz. Nesse sentido, o bem-estar psicológico agradece a possibilidade de se conectar com o mundo com mais facilidade!

Estimule a autonomia

A autoestima de qualquer pessoa é favorecida quando se tem autonomia para cuidar da própria vida. É claro que há certas coisas que é necessário sim uma ajuda e orientação. Mas, não é justo tratar uma pessoa idosa como um neném.

Ofereça ajuda com pequenos gestos

Estar presente sempre que possível e fazer ligações quando não for, são gesto que demonstram carinho. Eventualmente, mande mensagens carinhos, ligue lembrando de tarefas do dia a dia, seja ouvinte para o que eles têm a dizer, ou ainda que tal preparar aquela receita de família juntos?


Agora você percebeu como pequenas ações podem transformar a vida do idoso na sociedade?


Acima de tudo, é preciso ter paciência. É natural que o corpo fique mais desgastado com o tempo e isso afeta no nosso desempenho do dia a dia e na forma como nos relacionamos. Porém, tudo é questão de adaptação e empatia.

Por fim, após essa leitura que tal ligar para os seus avós e dar um bom dia a um idoso na rua? Esse é um bem que vai se refletir sobre você também. Você verá!

Aproveite e conheça mais detalhes do cartão de benefícios Redesul com o MELHOR CUSTO BENEFÍCIO do mercado para envelhecer com saúde!

CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS. Você vai se surpreender!
  • #inclusãosocial

MAIS POSTAGENS

VER TODOS OS POSTS
OK